Qual a Linguagem corporal você transmite no trabalho?

Já aconteceu com você de encontrar em uma loja alguém com a cara fechada e o tom de voz desanimado, dizendo algo como “na nossa loja, a cortesia e a disponibilidade são importantes”? Ou de se deparar com alguém dizendo “estou muito feliz em revê-lo” enquanto olha o relógio?

 

Nesses casos, qual mensagem chegou com mais impacto para você? Certamente, a mensagem que prevalece – e sobre a qual fazemos as considerações para tomar as decisões – é a da comunicação não verbal.

Os estudos sobre o assunto nos confirmam que a decodificação que fazemos das mensagens da linguagem não verbal é a base para as nossas reações nos relacionamento pessoais, como simpatia, antipatia, confiança, desconfiança. No trabalho, por exemplo, seja em reuniões, em entrevistas ou em encontros com clientes e fornecedores, precisamos nos observar e olhar com atenção o interlocutor para melhor compreendê-lo nas suas intenções e emoções.

Um líder precisa estar atento para perceber e compreender quando alguém está motivado ou desmotivado, entusiasmado ou apático, comprometido ou desinteressado, para direcionar e focar ações que concretizem os resultados. Além de saber o que estamos comunicando, precisamos estar conscientes de como estamos comunicando.

A linguagem corporal tem um grande impacto na vida profissional e pode fazer ou quebrar um acordo ou uma relação de negócio. Se a coerência entre verbal e não verbal cria uma percepção de autenticidade, uma comunicação incongruente e incoerente cria conflito, confusão, desconforto.

O que a pessoa está dizendo pode vir a ser desconsiderado ou questionado por um movimento inadequado, uma mímica facial ou um gesto contraditório, que anula a sua confiabilidade e credibilidade. A linguagem do corpo é tão primordial e radicada em nós que, usando-a de forma consciente, hábil e eficaz, melhoramos o diálogo e os relacionamentos interpessoais.

A linguagem não verbal é o espelho dos hábitos mentais, das crenças, das emoções, das experiências de vida e de como a pessoa se posiciona perante os seus objetivos e os desafios da vida. Ter uma boa comunicação corporal é a fonte para criarmos um diálogo e uma ponte que supera as diferenças e une as forças para uma convivência harmoniosa e cooperativa tanto na vida como no mercado de trabalho.

Eduardo Shinyashiki

 

2 thoughts on “Qual a Linguagem corporal você transmite no trabalho?”

  1. Pingback: buy backlink for website

  2. Pingback: technology

Os comentários estão fechados.